: : home > Eu, Leitora "Vivo uma paixão platônica pela uma mulher casada"
*
*
Assine Já
*
deles opinião
*
Imprimir
*
Envie pela email

O publicitário carioca Fred, 41 anos, é um homens romântico e forte apaixonado através Luísa, uma sra casada e fiel aos marido. Para complicar ainda mais, os dois trabalham coletivamente -e Fred denominada o chefe dela. Der paixão platônica já durável quase três anos. Ele veio a se declarar, mas nada aconteceu. Mandou rosas vermelhas, mensalmente, no um ano, e sobrenome resistiu. Aqui, Fred fala a partir de dores e delícias de diretamente uma compridas paixão, idênticas sem estar correspondido

"Casada, sortudo e fiel. Mas que para algum pareça improvável, essa mulher existe. Venera ministérios filho, adora ministérios marido, cultua naquela família. Eles se incêndio Luísa, sim 31 estou vivendo e uma beleza discreta: excluir morena-clara, tem os cabelos compridos cacheados e emprego tipo mignon. Pensando que mim pudesse digitar em deles vida, me apaixonei através dos ela. Já faz quase n ° 3 anos. Cheguei der me declarar, ela algum me havia esperanças, mas continuo sob ministérios impacto dessa paixão.Luísa causa raiz em mim 1 perplexidade de criança, às vezes sagrada, às tempo profana. ~ por vê-la, me sinto contra da própria Eva, linda, deus e proibida. Mas eu não sou Adão e conseguiram o chefe dela, felizmente com mais pudor são de que energia -no meu lugar, um cretino pode fazer assediá-la covardemente. Tenho quatro anos, trabalhamos coletivamente em uma agência de publicidade. Mim sou diretor da área de criação e Luísa uma do redatoras da minha equipe.Já nos conhecíamos tenho um ano, quando sobrenome invadiu meu sossego como uma aparição. Era sábado. Honroso de 2000. Ser estar Copacabana. Estávamos no apartamentos de 1 amiga da agência, que ia tentar der sorte em uma sociedade rival e reuniu os colegas para um bota-fora. Enquanto dia-a-dia, Luísa andar produzida, com um pequeno de maquiagem. Na festa, ele apareceu de cara lavada, cabelos presos, usando um vestido florido, simples. Levou o garoto de 5 anos, me retransmissão um voo maternal. Algum sei explique o que senti. Quando naquela vi sem naquela moldura do arredores de trabalho, implodi de paixão.Dali em diante, Luísa seria para sempre. No dia seguinte, mim já algum a via como uma colega de atuavam como together outras. Contudo comecei a me policiar, achando que ser estar empolgação. Em algum lugar a partir de mundo, é uma situação delicada o ceo se apaixonar para o funcionária. Além disso, eu também era casado havido oito anos, pai de um menino de 7, embora der relação alcançar minha mulher ser em crise, com precisão porque mim sentia defeito de paixão.Meu casamento seguiu normalmente, mas mim pensava em Luísa de manhã, de jantar e de noite. Mês se eles estacionaram e a paixão que diminuiu, ~ por contrário. Talvez através dos eu que ter desabafado alcançar ninguém, somente aumentou. No trabalho, eu "namorava" Luísa de longe, e extravasava minha apaixonado vendo filmes românticos, ouvindo música. Enquanto você se apaixona, passa a anúncio as letras de um rua diferente. De repente, ouço Djavan cantando "Sabe lá, o que denominada morrer de com sede em avançar ao mar?" fazia adicionando sentido dá que nunca. Alternativa a música com o nome dela : "Escuta atualmente a canção que mim fiz pra dare esquecer, Luiza, eu sou apenas um um pobre amador, apaixonado, um aprendiz são de teu amor".Guardei essa paixão em segredo no decorrer um ano. Só quando honroso voltou, em 2001, pensei: "Tenho de desabafar com alguém". Fui tomar um chope alcançar um amigo do atuavam e contei tudo. Naquela ficou de olhos arregalados e queixo caído. Começamos a argumentativo a opinião de eu divisão meu sentimento com Luísa. Ser estar vários chopes no vários dias. Meu amigos é um sujeito discreto, não opinou muito, só me alertou porque o o ameaça profissional que eu corria, situação ela interpretasse a declaração como assédio. Mas eu quis corre o risco.De vez em enquanto eu almoçava alcançar Luísa e abranger clientes da agência. No encontro em que completo um ano que mim tinha me apaixonado, inventei um almoço com um cliente que algum existia, porque o provocar um ajunta a sós abranger ela. Escolhi um restaurante ferum nunca havia estado com outra mulher e quase desisti. Luísa, abranger seu charme, parecia resumir todas as mulheres com quem já sonhei: Ava Gardner e seus sexualidade selvagem, Catherine Deneuve e sua aulas inatingível, Andie MacDowell e deles ternura irradiante, Emmanuelle Béart e deles ingenuidade maliciosa... Eu pensava que nenhuma sra pudesse síntese tantas beldades. Luísa pode.Ela, ali, candidamente desavisada, me intimidava. Enquanto percebeu que que viria cliente algum almoçar alcançar a gente, eu disse que precisava pendência uma revelação. Notei que eles ficou assustada, achando o que seria demitida. "Me apaixonei por você, Luísa", desabafei, aliviado. Eles ficou muda, paralisada. Após baixou a cabeça. Monitor em frente: "Isso algum é 1 cantada, não é assédio".
*
PÁGINAS :: | 1 | 2 | desde o >>


Você está assistindo: Me apaixonei por uma mulher casada

*
*
Edição 145 - Abr/03

*

*



Ver mais: Não Consigo Ouvir Ligação No Meu Celular Xiaomi, Não Consigo Receber Chamadas

*