A primeirona na lista é a mais pedida de todos os churrascos. A picanha é apetitosa, suculenta e possui um sabor inhcdnn.comparável. Pode ser temperada só hcdnn.com sal grosso ou hcdnn.com outros condimentos, hcdnn.como pimenta do reino e alho em pasta.

Você está assistindo: Muitos apreciadores de churrasco gostam de comer costela de boi assada

Para deixá-la realmente boa, é preciso selar antes de hcdnn.começar a assar. Para isso, deixe a carne próxima do fogo (cerca de 20 cm) por alguns minutos, girando até que cada lado perca o tom avermelhado. Depois disso é só subi-la novamente, deixando que asse até o ponto desejado. Essa selagem faz hcdnn.com que a carne fique muito mais suculenta e saborosa.

2. Costela

*

hcdnn.com um sabor indescritível, a costela, seja de porco ou de boi, é uma carne que sempre é destaque nos churrascos. Por possuir fibras grossas e hcdnn.compridas, seu tempo de cozimento é mais longo, aceitando desde temperos mais elaborados até o sal grosso puro e simples.

Uma boa opção é também temperá-la hcdnn.com molho barbecue, ou rechear cortes transversais hcdnn.com rodelas de cebola, prendendo-a em garfos próprios para churrasco.

3. Fraldinha

*

Uma das boas opções de carnes para churrasco, a fraldinha é uma carne de corte pequeno e fibras longas. Possui pouca concentração de gordura, sendo conhecida hcdnn.como uma opção leve e macia. A galera fitness agradece!

É possível prepará-la na brasa, economizando um bom trabalho no manuseio da churrasqueira. Para isso, tempere bem a carne usando manteiga, limão, alho, sal e suco de laranja e enrole-a em papel alumínio. Essa é uma ótima opção para servir na hora do almoço e hcdnn.com pratos de ahcdnn.companhamento.

4. Maminha

*

A maminha é considerada uma carne magra. Se a sua alimentação prioriza a ingestão baixa de gorduras, ela pode ser uma ótima opção.

No entanto, para ela ficar macia, saborosa e suculenta no churrasco, rehcdnn.comendamos não retirar a capinha de gordura antes de assá-la.

Para servir a maminha, você deve cortá-la em fatias sempre contra as fibras da carne.

Você pode escolher entre prepará-la no espeto, fatiando em porções finas, ou na grelha. Mas, é necessário ter cuidado para não deixar passar demais do ponto, a fim de não alterar o sabor.

5. Asinhas de Frango

*

Asinhas de frango são sempre bem-vindas nos churrascos. Elas fazem sucesso principalmente entre as crianças, por conta de seu sabor delicado e crocância. Por isso, considere temperos mais leves e até agridoces para essa carne.

Sua grande vantagem é a de absorver bem qualquer tipo de tempero. As asinhas podem ser assada no forno, na grelha e até mesmo no espeto. Ensinamos algumasreceitas para churrascoaqui no blog e uma delas é a de asinha de frango ao molho mostarda. Além de super fácil, essa é uma receita bem saborosa.

6. Alcatra

*

A alcatra, quando hcdnn.comprada inteira, pode ser dividida em três partes: a picanha, a maminha e o miolo da alcatra. O miolo, hcdnn.como o próprio nome indica, fica bem no centro dessa carne.

Essa parte, em especial, é uma das ótimas opções de carnes para churrasco. Pois, além de macia, tem bem menos gordura que a picanha, ou seja, é saudável e igualmente saborosa. Este corte pode ser preparado na grelha, mas pede atenção especial para que não perca o ponto, pois leva só de 15 a 20 minutos para ficar pronto.

7. Filé Mignon

*

O Filé Mignon é conhecido por ser um pedaço nobre e raramente utilizado no dia a dia, por conta do preço mais elevado. Porém, hcdnn.como carne para churrasco, é uma boa pedida para quem gosta de ousar.

Apesar de não ser hcdnn.comumente usado para esse fim, o filé mignon é macio e adocicado. Ele pode também ser servido em espetinhos ahcdnn.companhando outras carnes, hcdnn.como linguiça e bacon.

8. Contra Filé

*

O contra-filé também pode ser encontrado hcdnn.com o nome de lombo desossado ou filé curto. Geralmente, ele é servido mal passado. Para os apreciadores da carne sangrando, essa é a pedida ideal, já que fica macio e hcdnn.com o sabor acentuado.

O contra-filé pode ser servido fatiado ou picado. Aliás, ele fica ótimo hcdnn.com cebola roxa assada, já que pega bem o sabor desse legume.

9. Cupim

*

O cupim é a carne encontrada na parte de trás do boi, logo atrás do pescoço. É uma carne consistente e fibrosa, que tem um sabor muito característico. O cupim costuma ser servido junto de pratos e entradas hcdnn.como risotos e saladas.

A carne, apesar de ser bastante popular para churrascos, precisa de algum tempo para ser assada até o ponto ideal para consumo.

Uma boa dica é enrolar a carne em papel celofane (próprio para churrasco), pois ajuda a distribuir o calor da churrasqueira de maneira uniforme, garantindo que todo o interior seja bem cozido.

10. T-bone

*

Esta peça é retirada do boi por meio de um corte transversal ao osso. Aliás, este corte que faz hcdnn.com que o osso fique em formato de T, que dá o nome à carne.

Ver mais: Nascer De Novo É Deixar De Ser Senhor De Si, Milton Cardoso

O T-bone ganhou maior destaque recentemente por ser considerado gourmet. Isso porque, o osso tem de uma lado contra-filé e do outro filé mignon, ou seja, num mesmo corte, você tem duas texturas e dois sabores diferentes.