Homem foi condenado pela autoria de quatro incêndios silvicultura nos urbano de Valongo e Paredes entrada Maio e agosto de 2020. Incêndio do canil faz parte de um processo segregam que corre no pratos de saint Tirso e isto é directamente relacionado alcançar maus-tratos ao animais.

Você está assistindo: Noticia sobre maus tratos aos animais


*

O tribunal de São joão Novo, no decorrer Porto, condenar esta quinta-feira der seis a idade de cadeia um homens que ateou quatro incêndios silvicultura nos comunidade local de Valongo e Paredes entre Maio e honroso de 2020.


O arguido, um electricista de 29 anos, estava acusado através atear 62 incêndios no distrito do Porto, mas audiência considerou prest que foi anexar somente através quatro.

Em o tribunal para produção de prova, ministérios arguido ele tinha assumido somente a real de três e adentraram os eu imploro seu perdão excluiu conta-se emprego que matou 75 cães e gatos no zona serrana de santo Tirso. Também audiência exclui 1 fogo da cúrio dos ateados pele arguido.


No dia dá incêndio eu imploro seu perdão deflagrou em Valongo e que chegavam a atingir abrigos ilegal para animais na montanha da Agrela, em saint Tirso, deflagram adicionar seis incêndios.

“O tribunal algum está aqui para escolher incêndios”, disse der presidente colectivo de juízes.


A magistrada recordou demasiado que o circunstancias da cadeia de montanhas da Agrela está naquela ser alvo de processo autónomo que operação no Tribunal santo Tirso e directamente relacionado abranger maus-tratos vir animais.

O homem, o que um juiz de instrução criminal mandou prender preventivamente, foi detido dar Polícia Judiciária naquela 5 de honroso de 2020, depois de ~ ter dar início der um em chamas junto aos kartódromo de Baltar, no concelho de Paredes, de acordo com revelou portanto a polícia Judiciária.


O pirómano “estava consciente dos riscos, contudo isso algum o impediu de continuado numa atividade repetida, deliberada e prolongada no tempo, que apenas um se pode explicar através dos uma atitude de satisfação pelos dano e perigos causados”, segundo acusação.

Esta quinta-feira, na leitura a partir de acórdão, naquela presidente a partir de colectivo de juízes de São joão Novo adicionar que ministérios arguido tem “propensão grande para a prática destes crimes, mas é imputável”.


Disse ainda que 37% dos incêndios ateados em portugal são da responsabilidade de compatriotas imputáveis, ou seja, responsabilizáveis criminalmente pelos sua atos.

A castigo global de seis a idade de cadeia aplicada aos arguido corresponde a penas parcelares de quatro anos de prisão, um ano e meio, dois a idade e 10 mês e acrescido dois anos e 10 meses através dos fogos ateados em Valongo e paredes em 12 de julho de 2020, em 29 a partir de mesmo mês, der 4 de honroso e 5 a partir de mês.

Todos os incêndios resultaram numa gamas ardida de 1,5 hectares.

Até tráfego em julgado da punição o arguido mantém-se em cadeia preventiva.


Ao crio um novo grupo de discussão, tornar-se-à gestão e será aderiu pela moderação entre eles grupo. Os jornalistas são de PÚBLICO poderão imundo intervir.

Saiba adicionar sobre o fórum Público.


Ao activar isto é opção, receberá um email invariavelmente que forem feito novas publicações neste agrupados de discussão.

Ver mais: Pin By Irene Garner O Hpv É Uma Doença Enem 5, Pin By Irene Garner On Viruses




Email marketing por

*

Gerir notificações

Estes eles são os autores e tópicos que ele escolhe seguir. Pode activar alternativa desactivar as notificações.


× Conta Em ênfase Actualidade Secções lazer coincide Siga-nos Assinaturas serviços Quiosque sobre
*
*
*
*
*
*
*
*
*